Diário de Luiz Felipe

por  LUIZ FELIPE BRASIL SANTOS

24º. dia - 02/10 - O CEBREIRO


Saí de VILLAFRANCA às 08 e 30 min . Dia magnífico. Cenário perfeito para uma grande etapa. A mais difícil, porém a mais bela até agora. A mais difícil em razão de que os últimos 7 km são de forte subida até os 1.300 metros de O CEBREIRO. A mais bela, em razão das paisagens que esta região serrana oferece.

Com uma boa distribuição de etapas não cheguei a cansar demais. Às 16 h e 30 min estava entrando em O CEBREIRO, que é um local realmente fantástico. Uma meia dúzia de edificações de pedra em cima de uma montanha. Uma igreja pré-românica, do séc. IX . Uma paisagem de 360o. maravilhosa. É um lugar realmente mágico.

O Cebreiro – rua típica


Estou em uma hospedaria ao lado da igreja. Um prédio com paredes de pedra de quase 1 metro de espessura.

Durante a caminhada, andei em alguns trechos com um brasileiro, chamado João, que é vice-presidente da Associação dos Amigos do Caminho de Santiago de Florianópolis, que está fazendo o Caminho pela segunda vez, agora com a irmã.

Agora à noite, jantei com um outro brasileiro (cujo nome não lembro), que é funcionário da EMBRATEL e mora em São Paulo.

Logo depois de chegar estive na igreja ( que fica ao lado da hospedaria), onde acendi uma vela de 7 dias em agradecimento por tudo de bom que tem me acontecido até agora e em intenção de todos os que me são mais caros.