Peregrino Walter Jorge

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
O Santo Graal VII - O Nascimento do Empreendedor
Walter Jorge

O Mago continua a falar, no capítulo anterior aborda a Segunda Etapa a fase do “Nascimento do Ego”, explica que nessa fase ou etapa, o bebê passa a tomar conhecimento das coisas que o cerca, nasce o ego, aparece o “eu” e aí ele toma conhecimento do medo pelo abandono, sente necessidade da aprovação dos seus atos, a possessividade aparece bem como a ansiedade da separação. Aparece à preocupação consigo e a auto comiseração, o bebê passa a conhecer a dor.

Os cavaleiros ouvem atentamente as palavras do Mago, nesse ponto da leitura temos de parar e pensarmos um pouco sobre esse nascimento, o nascimento do nosso EGO.

Continuemos com essa fascinante leitura.

O Mago Merlim

Terceira Etapa - O Nascimento Do Empreendedor

- Quando surge o ego - prosseguiu Merlim - você passa a ter um mundo “lá fora”, e uma nova tendência emerge, o anseio de sair pelo mundo e fazer realizações. Os primeiros indícios dessa mudança são primitivos. O bebê quer agarrar as coisas e segurá-las; ele quer fazer sozinho suas explorações, sempre certificando-se de que a mãe está por perto. Logo ele quer andar e protesta se sua mãe não permite que ele o faça. Esse desejo de escapar e perambular são tímidos no início. Mas com o tempo, o mesmo bebê que ansiava para que o segurassem e o protegessem grita para que o soltem. Trata-se de um instinto saudável, pois o ego sabe que o desconhecido é a fonte do medo. Se o bebê não saísse para conquistar o mundo, ele passaria a temê-lo cada vez mais.

“ Estamos agora nos afastando cada vez mais da sensação de paz, unidade e confiança com a qual vocês nasceram. O ego começa a dominar o espírito. Quando o bebê se volta para dentro de si para sentir o que existe ali, ele já não mais encontra a consciência pura; em vez disso, encontra um turbilhão de memória. As experiências se tornam pessoais, e nunca serão de novo completamente compartilhadas”.

- Outra história triste - lamentou-se Percival.

- Se ela parasse aqui, sem dúvida - disse Merlim - Mas o nascimento do empreendedor lhe conferiu confiança e a sensação de que você é único. Este mundo de objetos e eventos diz respeito a uma única coisa: a individualização. O ego é necessário para que isso aconteça, pelo menos no caminho que vocês, mortais, escolheram.

- Nem todo mundo é um empreendedor. Essa etapa é realmente necessária? - perguntou Galahad.

- Nem todas as pessoas valorizam o sucesso acima de tudo ou se identificam com o dinheiro, o trabalho e o status - disse Merlim. - Mas o anseio do empreendedor é mais simples, mais básico do que isso. É a marca do ego em ação, provando a si mesmo que a separação é suportável. De fato, o nascimento do empreendedor torna este mundo onde estamos um lugar alegre, cheio de coisas para fazer e aprender. Em algumas pessoas o empreendedor perdura um tempo extremamente longo. A sede da fama e da fortuna sobrepuja o verdadeiro objetivo da busca. Mas Deus permite o total livre-arbítrio, e se a pessoa chega à conclusão que o mundo "lá fora" é mais importante do que ela, o anseio pela fama e pela fortuna segue-se necessariamente.

" O ego, na visão do mago, não oferece nenhuma possibilidade de realização. Ele é controlador e indiferente. 'Escute-me', diz ele, 'e agarre tudo que você puder para você mesmo. Isso é que é felicidade.' Todos vocês, mortais, seguem esse conselho durante algum tempo. Tampouco existe nele qualquer prejuízo do ponto de vista de Deus, porque a confiança Dele no livre arbítrio vem a ser o caminho mais sábio”.

" Dificilmente preciso lhes dizer que essa terceira etapa permanece com vocês, porque enquanto o ego estiver presente, o empreendedor também estará. O empreendedor nunca satisfaz seus apetites. Afinal de contas, não existem limites para as experiências que vocês podem acumular; o mundo é infinito em sua diversidade. Mas à medida que se desenvolve, o ego abafa o espírito com diferentes camadas, de riqueza, poder, auto imagem, até que uma voz começa a perguntar baixinho: ‘Onde está o amor? Onde está o ser?’ A quarta etapa, outro nascimento vem a seguir”.

Quem será que irá nascer?
Aguardem a continuação.


Enviado por Water Jorge
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003