Peregrino Walter Jorge

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
Peregrinação no Brasil - 31 - Caminho das Frutas (01)
Walter Jorge

            Em números anteriores falei sobre a recente descoberta dos brasileiros para o gosto pelas caminhadas, sejam elas Peregrinações ou Romarias dedicadas aos nossos Santos Padroeiros ou não, sejam para travarmos conhecimento com a nossa história, visitando cidades históricas e sítios arqueológicos, como também as de fundo ecológicos nas quais o caminhante fica em um contato quase que permanente com a beleza da nossa fauna e flora.

            No meio desse que consideramos o “BOOM” das “Caminhadas Brasileiras”, acabamos de tomar conhecimento de mais um desses empreendimentos, podemos dizer empreendimento “sui generis”, pois se trata de nada mais do que uma reverência às “frutas” tão ao gosto dos brasileiros, acaba de ser criado o CAMINHO DO CIRCUITO DAS FRUTAS.

Caminho do Circuito das Frutas (primeira parte)     

            O interior da cidade de São Paulo ganhou mais um caminho para os adeptos de longas caminhadas ou peregrinação, com a criação do “Caminho do Circuito das Frutas” que estabelece uma nova alternativa para a divulgação do turismo regional, trazendo para as regiões nas quais ele abrange (nove cidades), turistas de todo o Brasil e do mundo, para não só conhecerem a beleza da nossa natureza, a riqueza daquelas regiões, principalmente num sentido de interagirmos com os habitantes da zona rural abrangido pelo Circuito das Frutas.

Luciano, fundador do Caminho

            Existem duas opções para quem quer efetuar o percurso completo: o primeiro com 209 km em 9 dias de caminhada, e o segundo com 266 km, a serem percorridos em 10 dias. Em qualquer das hipóteses, o trajeto completo inicia-se pela cidade de Indaiatuba, passando em seguir pelas cidades de Itupeva, Louveira, Vinhedo, Valinhos, Morungaba, Itatiba, Jarinú, sendo a sua chegada no Lar das Freiras Irmãs Agostinianas em Jundiaí.

            Durante o trajeto os caminhantes poderá saborear as principais frutas encontradas nos municípios atravessados, tais como: uva, figo, goiaba, morango, caqui, pêssego, acerola entre outras. 

            Devemos salientar que o Pólo Turístico do Circuito das Frutas, não se trata somente de turismo rural. Sua criação está fundamentada basicamente na característica de todos os municípios que é a fruticultura, entretanto, todos eles possuem seus atrativos particulares que não podemos deixar de apreciarmos. A diversidade de atrativos turísticos é constatada na imensa oferta de recursos naturais, no clima agradável da região, na sua taxa elevada de insolação e na existência de investimentos estruturais congregando desde a gastronomia até parques temáticos que se instalaram na região.

Trecho da rota do Caminho do Circuito das Frutas

            Na rota estão fazendas centenárias, sendo que algumas têm construções erguidas por escravos, sítios produtores de frutas e legumes, pesqueiros, restaurantes típicos, vinícolas, alambiques, serpentários em Morungaba e dois observatórios – o da USP em Vinhedo e o de Capricórnio, no distrito campineiro de Joaquim Egídio.

            Após devidamente consolidado o trajeto por meio de várias caminhadas experimentais, o Caminho do Circuito das Frutas, já efetuou a sua primeira caminhada inaugural. O grupo partiu do seu ponto inicial em frente à Igreja Matriz da cidade de Indaiatuba – SP, seguindo em direção a Itupeva na Pousada Colinas de Itupeva, no bairro Morro Alto para seu primeiro pernoite e jantar. Em seguida o grupo se deslocou sucessivamente para Louveira, Vinhedo, Valinhos, Morungaba, Itatiba, Jarinú, concluindo a sua caminhada em Jundiaí, percorrendo aproximadamente 266 km em 10 dias.

Traçado a percorrer


               
            Todo o trabalho de mapeamento, definição dos percursos e dos pontos de apoio como pousadas, fazendas, restaurantes, foram confirmados e sinalizados através de um extenso trabalho realizado em conjunto com o Sr. José Orlando Luciano, responsável pelo grupo Indaiandando de Indaiatuba e pela Associação de Turismo Rural do Circuito das Frutas, através dos sócios de cada município, onde se mobilizaram para encontrar e definir o mais adequado percurso da referida caminhada.   

            Os percursos foram organizados de forma que os visitantes percorram em média 25 quilômetros por dia, com despesas médias de R$50,00 (cinqüenta reais) por dia, com a estadia em hotéis e pousadas localizadas no caminho. A Organização fornece uma Credencial que concede aos participantes descontos de até 15% nos hotéis e restaurantes do percurso. O roteiro também pode ser percorrido por etapas, sempre em grupos de no mínimo oito pessoas e, caso os participantes não tenham experiência, um guia pode acompanhá-los.

            Os Municípios a serem percorridos pelos caminhantes, possuem uma avançada economia, uma fruticultura representativa, bem como uma infra-estrutura completa capaz de atender a demanda dos futuros turistas caminhantes.

            Para maiores informações, consultar o site:

            www.circuitodasfrutas.com.br/passeio.php
            E-mail: Luciano@indaiandando.com.br
            Tel: (19)3934.3558/9762.2460

            No próximo artigo abordaremos a história das cidades situadas na trilha do Caminho do Circuito das Frutas.

            Aguardem
 

Enviado por Walter Jorge
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003