Peregrino Walter Jorge

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
Peregrinação no Brasil - 28 - Caminho da Paz – (01)
Walter Jorge

            O Brasil está de parabéns, o povo brasileiro está saindo da sua letargia, deixando o sedentarismo e a sua acomodação para o lado, e cada vez mais, embrenhando-se a efetuar suas caminhadas.

            Podemos aqui dizer que estamos entrando em uma outra era, em um novo século, a dos “Bandeirantes Ecológicos”, lembrando, que há centenas de anos atrás quando da formação do nosso país, aqueles intrépidos homens que, partindo do aconchego dos seus lares, se dispunham a desbravar os nossos sertões a procura do ouro e da glória.

            Atualmente, todos esses nossos andarilhos do século XXI, os nossos “Bandeirantes Ecológicos”, procuram nas suas caminhadas, quer sejam de fins de semanas, feriados prolongados ou nas suas férias, não a destruição da natureza, aquela que o Supremo Criador nos legou, mais sim, preservá-la e observá-la para dela tirar seus ensinamentos de vida.

            Tomamos conhecimento da formação de mais um desse grupo, esse no estado da Bahia que tem como princípio básico o crescimento e o desenvolvimento do ser humano procurando sua interação com a natureza, não podíamos deixar de trazer para conhecimento dos nossos leitores, o “CAMINHO DA PAZ”. 

Caminho da Paz (primeira parte)

            O “Caminho da Paz” é uma caminhada de aproximadamente 165 quilômetro de extensão, iniciando-se na cidade de Amargosa, no estado da Bahia, com o objetivo de chegar-se ao “Projeto Semente” – um Ponto de luz nas montanhas do Vale do Jiquiriçá em Ubaíra.

Projeto semente – Vista geral das suas instalações

             É uma caminhada indicada para pessoas que tenham espírito andarilho, peregrino, e que deseja através da caminhada, trabalhar suas metas e seus objetivos de vida. O Caminho da Paz é o primeiro do gênero no Nordeste do Brasil, aos moldes de outros Caminhos existentes no mundo inteiro.

            Sabemos que, a peregrinação é uma constante na vida dos homens, haja vista que pessoas como Moisés, Abraão, Sidarta, Jesus Cristo, Tarso, e outros, através da peregrinação consolidaram suas idéias e pensamento. Em vários trechos da bíblia se lê relatos sobre peregrinações. É também fazendo uma caminhada que às vezes entre outras coisas e acontecimentos bem refletidos, se vê, se comprova e se convive com a simplicidade, a pureza, a solidariedade e a fraternidade que existem e são preservados na vida do homem do campo.

            A semelhança com os demais caminhos, o Caminho da Paz também fornece aos seus peregrinos sua Credencial que será sua identificação durante todo o percurso. De posse da mesma, é só efetuar a compra de sua passagem na rodoviária para Amargosa na Bahia e iniciar sua caminhada em direção ao Projeto Semente.

            Para conhecimento dos caminhantes, o valor das diárias negociadas com os proprietários de cada pousada, fica entre R$15,00 (quinze reais) e R$30,00 (trinta reais) com café da manhã, o que nos permite calcular o custo diário da jornada variando em torno de R$35,00 (trinta e cinco reais) a R$50,00 (cinqüenta reais) (hospedagens, alimentação e extras). Em oito dias de caminhada o custo total ficaria entre R$280,00 a R$400,00.

Seus Idealizadores:

            Antônio Presídio, nascido na cidade de Ubaíra, interior da Bahia, é filho de baianos ubairenses, possui dois filhos (Rodrigo e Daniel) tendo como esposa Maria (Kinha), como é chamada.

Antônio Presídio – O idealizador

            É formado em Medicina pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública em 1982. Pediatra durante 10 anos, trabalhando em vários hospitais e em consultório particular. Fundou a Clínica HARA (Centro da Vida), implantando um sistema preventivo de atendimento. É Terapeuta com Formação em Análise Transacional e Bioenergética.

            Em 1993 dedicou-se exclusivamente à Psicoterapia Clínica e Psicologia de Esporte, em Salvador.           

            Ana Rici, nascida em Salvador, descendente direta de húngara e português, possui um filho Cláudio Marcos.      É graduada em Engenharia Química pela Universidade Federal da Bahia, desde 1975. Atuou durante 23 anos na Gerência de Grupos Técnicos e Atendimentos a Clientes. Especializada em Gerenciamento de Tecnologias Ambientais na Industria, pela Escola Politécnica da Universidade da Bahia.

            Especializada em Certificate Quality Engenier-ASQC/EEUU, pelo CETEAD – Faculdade de Administração, possuindo vários anos de experiência conduzindo grupos de empresas em: Formação de Equipes, Mudanças e Lideranças. Atendimento personalizado em grupos ou individualmente
           
Como tudo começou:

            No dia 09 de novembro de 2003, em um domingo, Antonio Presídio, 44 anos e mais 7 peregrinos, iniciaram a abertura do Caminho da Paz. A humanidade estava recebendo das montanhas do Vale do Jiquiriçá, a mais nova intenção de Amor, Paz e Fraternidade, Maria. 64 anos, que ao lado de Presídio, comandou toda a demarcação e os necessários contatos com as comunidades, era a alegria em pessoa.

            Com pincéis e tinta amarela, os peregrinos: José Antônio (62 anos), Welington Muller (48 anos), Roberto (45 anos), Lourdinha (66 anos), Jussara (44 anos) e Benedito (64 anos), além de Maria e Presídio, partiram da cidade de Amargosa em direção ao primeiro pouso, no Alto da Lagoinha. Ao longo dos 165 quilômetros de extensão do Caminho da Paz, os mesmos foram colocando as setas amarelas, em estacas, postes, árvores, pedras etc...

            A marcação com as setas amarelas dentro das cidades ainda não foi realizada devido à falta de permissão das Prefeituras. Chegando nas cidades, aconselhamos ao caminhante que procure informações, pois o referido caminho é bastante conhecido.

O que é o “projeto semente”:

            O “Projeto Semente” é uma associação, que tem como princípio básico em sua filosofia, o crescimento e o desenvolvimento humano. Foi construído numa fazenda chamada de Três Lagoas bem pertinho da cidade de Ubaíra.

Local da sede do Projeto Semente

            Dois Terapeutas, Antonio Presídio e Ana Rici, desenvolveram um belo trabalho, nesse espaço entre as montanhas do Vale do Jiquiriçá. A natureza, sempre exuberante, é o maior convite a este chamado.

            No “Projeto Semente”, também atende pacientes em consultas individuais, efetua coordenação de grupos e desenvolve um belo trabalho junto à comunidade local resgatando o papel social, empregando pessoas no Projeto, estimulando o respeito, a motivação e a auto-estima dessas pessoas.

Projeto Semente – Vista de suas instalações

            Para maiores informações aconselhamos consultar o site www.projetosemente.com.br

            No próximo artigo abordaremos o seu traçado e as cidades situadas ao longo do seu caminho.

            Aguardem.
 

Enviado por Walter Jorge
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003