Preparação do Peregrino a pé

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
2 - ESCOLHA DA ÉPOCA
Walter Jorge
O Caminho Francês pode ser realizado durante todo o ano entretanto a melhor época para percorrer o Caminho é o período entre maio e outubro, com exceção de julho e da primeira quinzena de agosto, devido às altas temperaturas do verão espanhol e do período de férias na Europa. Nessa época você poderá encontrar os refúgios lotados e, em geral, os preços mais altos. Na Espanha, as temperaturas mais baixas são registradas em janeiro, o que também torna a viagem desaconselhável. A neve bloqueia a passagem dos peregrinos no inverno, principalmente nas regiões de maior altitude, como os Pirineus, o que pode tornar a peregrinação uma experiência perigosa.

Temos notícias de que diversos peregrinos já tiveram a sua caminhada interrompida ao tentarem atravessar os Pirineus sem portar os agasalhos adequados, em 2002, um peregrino brasileiro sucumbiu por hipotermia no trajeto entre SJPP e Roncesvalles. Além disso, para enfrentar o frio europeu é necessário estar muito bem agasalhado, o que representará um peso excessivo na mochila. Assim, o melhor mesmo é optar pela primavera ou outono europeus, escolhendo alguma data de partida entre a o início de maio e a primeira quinzena de junho, ou entre a segunda quinzena de agosto e a primeira quinzena de setembro. Leve em conta o tipo de clima que você se adapta melhor, sem esquecer que existe em suas costas uma mochila e uma longa distância para ser percorrida.

Efetuando uma comparação entre as diversas estações, temos: a primavera (abril, maio e junho), temperatura amena, há flores (papoulas, rosas e girassóis), os campos estão gramados e verdes, também é claro que há chuvas.

Do outro lado temos o outono (setembro, outubro e novembro), período de seca. É mais tranqüilo para caminhar pois a chuva tem um componente psicológico que é muito corrosivo para qualquer ânimo dos peregrinos, porém os campos ficam amarelos de grama seca.

No inverno (dezembro, janeiro, fevereiro e março) o caminho muitas vezes está fechado, por assim dizer. Eles fazem tudo para evitar que os peregrinos corram um grande risco.

No verão (julho e agosto) são os meses com mais horas de sol e menos rigores meteorológicos, mas tem duas grandes desvantagens: o calor e os estudantes. O calor no Caminho de Santiago é algo que não se esquece e que sempre dá muita conversa em qualquer reunião. Os estudantes são pessoas legais, mas em geral o seu objetivo é turístico, bem diferente dos objetivos religiosos/ecológicos/culturais/místicos dos peregrinos em geral, 65% dos peregrinos usam esse período, o que provoca uma massificação do caminho e em conseqüência dificuldades em se conseguir uma cama nos refúgios, apesar das Prefeituras locais autorizarem a utilização dos centros esportivos e acampamentos para acolher os peregrinos.

Antes de efetuar sua peregrinação, procure informar-se sobre o tempo naquela região, pois infelizmente o homem na sua busca incansável pelos seus meios de subsistência, tem molestado profundamente a natureza a qual reage efetuando modificações, inclusive no fator metereológico.

Lembre-se sempre: A DECISÃO É SUA.

Abaixo, as temperaturas nas diversas épocas do ano:

Inverno temperatura máxima 16º C, mínima -4,5º C;
Primavera temperatura máxima 24º C, mínima 5º C;
Verão temperatura máxima 38º C, mínima 12º C;
Outono temperatura máxima 25º C, mínima 7º C.

 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003