Preparação do Peregrino a pé

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
14 - PROTEÇÃO CONTRA CHUVAS
Walter Jorge
É conveniente estar preparado para entrar em contato com o calor, o frio, a neblina, a chuva, a lama e o vento. Todos esses tipos de situações podem ocorrer num trecho com uma extensão de quase 800 quilômetros.

Um anorak, ou um blusão impermeável (servirá também para aquecer o corpo em um período frio, podendo substituir um agasalho) uma calça impermeável que possa ser vestida sem a necessidade de retirar as botas (com fecho-éclair, ou velcro na boca da perna, com a finalidade de não permitir a entrada da água nas botas) e uma capa de mochila são a melhor proteção contra chuva.

Um poncho grande cobrindo todo o seu corpo e a mochila é uma alternativa. Todavia este equipamento não funciona bem com o vento (dificilmente há chuva sem vento). Além do mais, nos ponchos que usam fixadores de pressão, estes fixadores precisam ser de boa qualidade, do contrário eles se soltam. Outro inconveniente é que o poncho atrapalha a visão do lugar onde se está pisando.

Atualmente já existe a venda um tipo de poncho cognominado de "camelo", por já comportar de fabrica, uma saliência nas costas onde a mochila fica encaixada, não dispõe dos fixadores de pressão, é fechado na parte frontal com um zíper, protegido com uma aba com velcro. No seu interior existe uma cordinha para amarrar na altura da cintura, tal procedimento evita que a mesma suba com o vento e mantém ajustada com a mochila. No entanto não protege as pernas quando o peregrino pegar uma chuva acompanhada com vento, podendo chegar ao albergue com as botas completamente encharcadas, criando problemas para seca-las e sua utilização no dia seguinte..

Existe também um tipo de polaina que pode ser usada com a finalidade de não permitir a entrada de água nas botas, elas têm o nome de "Ghette firn", é leve, pesa aproximadamente 270 gramas e é fabricada de Cordura, com abertura frontal com zíper e velcro. Não temos noticias de peregrinos utilizando o referido equipamento, encontramos o mesmo no catalogo da "Ferrino", é muito utilizado para aqueles excursionistas que andam na neve, mencionamos apenas para efeito de conhecimento.

Um boné com pala ajuda bastante, não só quanto a proteção contra os raios solares sobre os olhos, como também durante os períodos de chuvas, colocando-o sob o capuz do anorak ou do poncho, evita que a chuva caia diretamente sobre o rosto, permitindo o caminhar com boa visibilidade, principalmente para aqueles que usam óculos.

 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003