Relatos Peregrinos

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
Tell Carvalho

Um dia do meu Caminho

Este relato foi escrito para a família peregrina, precisamente no dia de meu
aniversário, segundo dia de caminhada, um ano de saudades....

Saímos de Roncenvalles escuro ainda, as 15 para seis, a noite no albergue não foi a das melhores, na cama ao lado da minha tinha aquele roncador... Acordei várias vezes com o ronco dele. Saímos com lanternas e após uns 15 minutos depois de caminhadas dentro de um bosque, fascinante, adrenalina pura, procurando as setas no meio da escuridão, o dia começa a clarear. Burguete a primeira vila, nada aberto.... Passamos direto, outra vilazinha, nada aberto... ai que fome.... Finalmente chegamos a Biscay e tomamos café com leite, pão e manteiga, dois sucos de laranjas, mais dois para levar.

A partir dai pequenos vilarejos, subidas e descidas, muitas.... me lembro bem da descida para Zubiri, após caminhada dentro de uma mata, cheiro molhado.... a descida toda de pedras pontiagudas, precisamos pisar no meio para não cair... Depois uma parte para mim sem graça, uma fábrica que trabalhava com areia (acho) e no meio desse caminho, monótono... a surpresa... uma cascata, água deliciosa... que surpresa boa. Km 27 - Larassoana, muitos peregrinos aqui ficaram, 7 hs e 20 de caminhada, paramos para comer e mais uma surpresa... pedimos informação para um senhor de costas de onde era o albergue... o senhor se vira e vejo meu pai .. na Espanha.... irmão gêmeo dele... cabelos brancos... idêntico. Após o lanche decidimos continuar, seguirmos até Pamplona e comer uma pizza lá para comemorarmos meu aniversário, começa a ficar difícil chegar... andávamos lado a lado de um riozinho lindo... cheio de trutas, vimos muitos pescadores... paramos numa das pones, acho que Iraxy e tiramos as meias, botas e colocamos nossos pés na água geladíssima, o pé quase congela... mas valeu para relaxar.

Mais caminhadas, subidas e descidas, pedras, túnel para cruzar a carreteira e mais subidas.... e finalmente chegamos a Burlada. Após 11 hs e 46 de
caminhada pegamos o primeiro hotel que achamos, não dava para dar mais um passo sequer.... 44 km.

Tomamos aquele banho merecido, com banheira e tudo, e após uma meia hora de descanso, descemos para finalmente comemorarmos meu aniversário com a prometida pizza e vinho. Pamplona realmente é linda. Ai que saudades....

    

Enviado por Tell Carvalho
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright © Todos os direitos reservados
 


;