Artigos Peregrinos

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
Travesseiros e Toalhas Ideais
Gustavo Garcia Francisco

O Travesseiro Ideal:
Segunda-feira é um bom dia para se lembrar de travesseiro.
No Caminho, em 99% das noites, muita gente se contenta em se livrar deste acessório.
Mas se você for como eu e não consegue dormir com a cabeça colada ao colchão ou no chão (Consegui me livrar do vicio da cama, mas não do travesseiro..) vou ensinar como fazer um travesseiro sem adicionar nada, ou quase nada no seu equipamento.
Conheço três maneiras para criar este acessório noturno:

1- Sabe aqueles saquinhos do tipo Zip? Pois é! Pegue um modelo grande, ou médio... abra um pouco o lacre de vedação e assopre até encher de ar pela metade! Feche o lacre (zip-it!) e pronto. Voce tem um travesseiro que pesa 10 gramas! Agora pra completar basta envolvê-lo com uma camiseta que servira de fronha! Só tem um problema, o barulho é incomodo, principalmente para quem estiver dormindo ao seu lado.

2- Como peregrino, acho que ninguem se importa de andar com a roupa amassada. Então pegue a camiseta e estufe com a roupa que voce ira caminhar no dia seguinte! Este travesseiro é muito mais cômodo e não faz barulho. Só se deve tomar cuidado para não colocar dentro roupas (muito) sujas, porque senão dormir sera literalmente um sufoco.

3- LEVE UMA FRONHA! Além de você não ter que ficar estufando a sua camiseta todas as noites, tem alguns refugios que oferecem travesseiros (em sua maioria estão sem ver a luz do sol desde a época do descobrimento)... Eu levei uma fronha azul-claro e apelei para a camiseta só no dia em que a lavei. A fronha também serve como saco de roupa para de manhã voce tirar a roupa de caminhada de dentro dela e guardar o seu "pijama" sem ter que ficar mexendo muito na mochila.

Agora você só vai dormir sem travesseiro se quiser. Ahhh.. nem adianta comprar almofadinha pra levar dentro da mochila. Eu fiz isso e ela durou exatamente uma noite. Na manhã seguinte deixei no refugio de Roncesvalles... Ocupava muito espaço e apesar do pouco peso, eu tinha a minha fronha!!! :)

A Toalha Ideal:
No quesito toalha, conheço três opções:

1- Toalha de praia normal, grandona, linda, pesada e que dá trabalho pra lavar e leva um bocado de tempo para secar. Eu levei uma toalha dessas. Não me arrependi em nenhum momento, mas hoje optaria pela segunda opção:

2- FRALDAS!!! Pegue duas fraldas de algodão e as costure pela lateral maior. Faça dois conjuntos e você terá toalhas e cortinas para cobrir o beliche. São leves, você compra em qualquer esquina, são faceis de lavar e secam rápido. Além do acumulo de função: Toalhas/Cortinas (e fraldas se precisar) Venda esta idéia!!! :)

3- Opção cara e no meu ver péssima idéia, mas já que é pra falar eu falo. Voce já viu um chamoix? Aqueles paninhos que absorvem a água não sei quantas vezes o seu próprio peso? Pois existem toalhas de "acampamento" deste modelo. São bastante eficientes, tanto que usam para fazer esfregão e coisas do gênero. Por serem pequenos, não cobrem nada na hora de sair do chuveiro... Pesam pouco secam rápido sim, mas e daí? Custam caro são dificeis de achar para comprar e não cobrem nada! Blah! Viva aos esfregões! Peço desculpas aos modernistas de plantão...

é isso...

Enviado por Gustavo Garcia Francisco. Visitem sua homepage em: http://www.imagei.com/santiago/
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003