Artigos Peregrinos Especiais

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
Fernando Mancini
O GPS no Caminho
Há, entre os peregrinos, aqueles que se dizem "tradicionais" e, com isso, querem dizer que andam a pé, usam cajado e algumas outras formas menos votadas de expressar seu "tradicionalismo".

Tradição parece ter sido uma forma de transmitir o conhecimento das melhores técnicas e das idéias mais valorizadas de geração a geração.

De tradicional, quis adotar apenas a condição de andarilho. Em outros aspectos, utilizei dos recursos a meu alcance e acredito que a esmagadora maioria dos peregrinos fez exatamente isso em todos os tempos. Essa orientação foi aplicada com relação ao GPS também.

Tive as primeiras informações a respeito de GPS quando li o livro do Amyr Klink e lembrei disso quando estava me preparando para o Caminho.

Encontrei o site http://www.terra.es/personal/gps.2000/ onde encontrei as coordenadas das cidades e lugarejos por onde passa a trilha. Essas coordenadas estão nesse site sob a forma de arquivos com a extensão wpt. Esses arquivos foram gerados em um aplicativo chamado Oziexplorer. O aplicativo pode ser "baixado" do site http://www.oziexplorer.com

Dessa forma, senti-me encorajado em comprar um GPS (Global Positioning System). Trata-se de um receptor de sinais de rádio vindos de satélites. Esses sinais são transformados em informação útil e a utilidade dessa informação é meu propósito neste texto.

O que vem a ser isso: na prática, fica mais difícil de se perder no caminho, expressando as coisas de forma simples e direta.

Como é isso ? O GPS tem uma tela que vai mostrando o caminho percorrido. Se alguém, por exemplo, chega à conclusão de que precisa voltar um pouco na caminhada, vai ter muita facilidade e certeza de que voltou pelo mesmo caminho, sem "erradas".

Usando as coordenadas do site gps.2000, eu tive - em outra tela do GPS - duas informações adicionais: qual a distância em linha reta para a cidade mais próxima e qual o rumo a seguir para chegar nessa cidade.

Aproveitando a oportunidade de estar no Caminho, gravei as coordenadas dos locais por onde passei: são mais de 300 pontos. Essas informações foram transferidas para meu computador por um cabo de comunicação.

Quando iniciei minha peregrinação, tinha - para me orientar - 48 coordenadas. Quando terminei minha peregrinação, tinha como que a descrição da trilha percorrida de forma a orientar ainda melhor quem tenha essa informação no início da trilha em um GPS.

Qual a vantagem ? Menos dúvidas ! A trilha tem meandros, não é retilínea. Durante a caminhada, o rumo foi bastante variado e houve até aquele pequeno trecho em que caminhei em rumo totalmente diferente ao da próxima cidade.

Uma outra informação que me foi útil foi a da velocidade da minha caminhada. Fiquei sabendo que minha velocidade "de cruzeiro" (aquela que pode ser mantida por uma distância relativamente grande) é de 5,5 km/h se o terreno é plano, de 4 km/h se o terreno é inclinado e de 3 km/h se o terreno é fortemente inclinado.

Durante toda a peregrinação, tive que dar atenção à data de chegada a Santiago de Compostela. Toda vez que "iluminei" o nome dessa cidade (Santiago de Compostela) e acionei o comando "Ir para" no GPS, obtive a distância em linha reta entre o lugar em que me encontrava e a cidade de Santiago de Compostela. Isso permitiu decidir coisas como: "Paro para dormir nesse lugar ou é melhor caminhar, ainda hoje, para o próximo e garantir a chegada a Santiago de Compostela na data desejada ?" A resposta dessa pergunta foi relativamente fácil de obter.

Logo no primeiro dia de peregrinação, nos arredores de Sevilha, havia um trecho grande da trilha inundado com água suja e fétida. Ao contornar esse trecho, não consegui mais voltar a ela. Deixei de ter a orientação das flechas amarelas. Daí em diante, orientei-me pela informação do GPS que me mostrou o que fazer a cada encruzilhada. Cheguei a Guillena - a cidade onde pernoitei - sem problemas naquele dia.

Encontrei um site interessante dedicado à troca de idéias e informações a respeito de GPS: http://joe.mehaffey.com/
 
Download do arquivo com os registros do GPS na Via de la Plata. Clique em: peregrinacao2001.wpt.
Enviado por Fernando Mancini
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003