Albergue de Peregrinos
Notícias, novidades, artigos, relatos, diretamente da Espanha

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
Caminho de Santiago precisa de Voluntários
Acácio da Paz

Espaço de Responsabilidade Social

Preparação voluntariado
Caminho de Santiago
De Maio a Setembro 2007.
 Acacio da Paz (voluntário e coordenador do voluntariado)

Acácio envia a nova ficha para inscrição de hospitaleiros voluntários para o Caminho de Santiago, para o ano de 2007.

Os interessados devem acessar a página www.caminhodesantiago.com buscar o link VOLUNTÁRIO, e baixar o formulário, preencher e reenviar para Acácio da Paz (acaciopaz@yahoo.com.br).

Cliquem aqui para baixar o formulário em arquivo word (.doc)

Enviado por Acácio da Paz

Asociación Cultural Jacobea “Paso a Paso”.
Esta Associação abriu prazo para a apresentação das solicitações para o VII ano do seu programa de HOSPITALEIROS VOLUNTÁRIOS PARA O CAMINHO DE SANTIAGO. Trata-se de uma ação solidária aos Peregrinos que recorrem esta Rota.

O Programa de voluntários inclui um curso prévio de informações necessárias ao Peregrino que será administrado no próprio albergue, nos fins de semana.
Os participantes que atenderem o programa podem desenvolver suas tarefas de hospitalidade e fraternidade nos albergues que estiverem apoiando esta Associação.
Para poder participar inscreva-se e envie a sua ficha preenchida.
A admissão das inscrições estará aberta até julho de 2007.
Mais informações:  
É(0034) 947.585.220 / 679.941.123.voluntarioscamino@yahoo.es

OBRIGADO POR SUA INICIATIVA

Participar de uma atividade voluntária virou item de currículo. PARTICIPE VOCE TAMBÉM.

>>Muitas organizações possuem treinamentos de liderança, trabalho em equipe e motivação. Muda uma coisa ou outra, mas acho esse formato meio desgastado. Com o trabalho voluntário, as pessoas desenvolvem tudo isso e, ainda por cima, muita gente sai beneficiada; dizem muitos profissionais que coordenam companhias que cuidam da responsabilidade social empresarial.

>>Muitas empresas montam programas, por meio do qual, a cada (X) horas do seu tempo de lazer que funcionários dedicam-se a umas atividades voluntárias.
Este trabalho pode despertar reação interessante nas pessoas. É uma oportunidade, digamos, dos tímidos se entrosarem com os peregrinos. E também de exercerem suas habilidades mais desenvolvidas. Isso vai permitir que ela descubra seus novos talentos.

>>Assumir funções e responsabilidades com empenho e iniciativa, porém sem ganhos e sem promessa de ascensão na carreira, demonstra uma grande capacidade de empreender, competência essa amplamente valorizada pelas organizações hoje em dia. Trabalhar com recursos humanos e financeiros escassos também conta pontos. As situações em atividades voluntárias exigem criatividade e dinamismo para resolver os problemas. É uma forma interessante de desenvolver ainda o poder de negociação de cada um.

>>A flexibilidade e o jogo de cintura para lidar com a diversidade são qualidades que podem se manifestar enquanto um voluntário (funcionário) participa dessas ações.
Conviver com outras pessoas sem nenhum vínculo de hierarquia expõe a uma relação cooperativa e disciplinada.

INICIATIVA AOS FUNCIONÁRIOS
>> No Voluntariado do caminho de Santiago o HOSPITALEIRO VOLUNTARIO dedica-se de 15 a 30 dias no máximo, atender a PEREGRINOS nos Albergues que cruzam esta Rota.
Seu trabalho é acolher aqueles que caminham por esta Rota Sagrada, dando: HOSPITALIDADE, SOLIDARIEDADE E FRATERNIDADE.

EUROPA foi CAMINO - Hoje o Mundo é Caminho.
Durante o séc.IX. Em Finis terrae, um ermitão descobre um sepulcro que rapidamente se associa ao do Apóstolo Santiago o Maior. A notícia é divulgada por toda a Europa através dos escritos que circulam pelos monastérios. A igreja e os reis cristianos da península Ibérica unem seis interesses para atrair a um número crescente de peregrinos. Acaba de nascer o Caminho de Santiago.

Desde este momento, e durante toda a Idade Media, centenas de milhares de peregrinos recorreram a rota jacobea, seguindo a Via Láctea, perseguindo o jubileo. Com eles, chegaram a Península seus produtos, suas idéias e sua cultura. O Caminho se converteu desta maneira, na via de conexão da Espana cristiana com os povos de Europa e com o mundo.
O apogeu do Caminho foi conseqüência de diversos fatores. Os sentimentos religiosos dos peregrinos se uniram aos esforços da igreja e das monarquias, que dotaram a rota das infra-estruturas básicas, como pontes, igrejas e hospitais, ademais de velar pela segurança dos caminhantes.
Trás a Idade media, o caminho caiu progressivamente no esquecimento. Hoje a rota está outra vez viva, e novamente Europa, e o mundo inteiro, caminha a Santiago.

Enviado por Acácio da Paz
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003