Albergue de Peregrinos
Notícias, novidades, artigos, relatos, diretamente da Espanha

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
Queridos Em SoL arados da Caminhada Templária
Acácio da Paz
A você meu irmão Palma, por todos os dias que você esteve presente nestes anos em nossas vidas, e pela amizade eterna que une todos nós, Meu muito Obrigado de coração por ter nos convidado para esta Caminhada.

Gostaria de agradecer a todos que ajudaram a realizar este evento com o empenho da união fraterna dos Amigos de Tomás e de Orietta & Acácio. Sem vocês não poderíamos estar aqui e poder rever novamente a sorrisa de todos vocês, e ter tido a possibilidade de tocar seus corações com os nossos corações.

· Esta Caminhada Templária ficou na história do mundo peregrino e na Rota do Caminho do Sol. Fomos acompanhados por Anjos Peregrinos em cada etapa dos 11 dias, nosso muito obrigado aos Anjos do Caminho e nosso grande Artur anjo-mor.

Fomos privilegiadas de ter Tomás de Manjarin ao nosso lado em todas as horas do dia e com ele seus ensinamentos simples e sábio.

· Este Caminho com a sua maior magia que é o AMOR, já está marcado com os passos dos peregrinos que por ele percorreram antes de ser marcado com os nossos. Tomás sentia a presença da marca de cada bota que por aqui foi pisada. Os peregrinos deste grande grupo o meu muito obrigado pelos papos cruzados durante todos estes dias.

Foram tantas coisas que faz a lembrança voltar a cada dia vivido. Caminhar com meu filho Pedro Henrique foi uma das minhas maiores experiências de meus caminhos. Pela primeira vez Orietta, caminha pelo Caminho do Sol, e juntos aprendemos em mais um caminho, a dividir nosso Amor com todos os peregrinos.

Caminho do Sol, Um Caminho de Amor cheios de abundância em Fraternidade,em amizade de irmãos e de família.

A nossa gratidão a todos vocês. Com muito amor, aqui descrevo meu depoimento a todos vocês.
- No Caminho do Sol - Os elementais que estão pelo Caminho são seres de transição, indispensáveis ao princípio inteligente a caminho da racionalidade.

Temos os elementais do fogo, os da água, os da terra e os do ar, os quatro principais elementos constitutivos da Natureza, e eles estão presentes ao redor dos 11 dias pela Rota EnSolarada.

Não devemos esuqecer da rotina do peregrino, pois as obrigações cotidianas que a vida nos traça não nos permitem nos perder do caminho que nos cabe percorrer. A Misericórdia Divina está sempre atenta. Os peregrinos são livres, mas, sem o cajado do pastor, ele se precipitaria no abismo. O nosso livre-arbítrio é relativo; absoluta apenas é a vontade do nosso criador.

Os nossos adversários são representações materializadas de nós mesmos. De costume, eles nos aborrecem porque se colocam diante de nossos olhos com a forma com que não queremos nos ver. São os nossos espelhos. E um espelho sempre nos é útil ao retoque da imagem. Sem que pudéssemos nos ver em alguém – nas palavras e críticas de alguém -, dificilmente nos veríamos em nós. O adversário, portanto, só se nos converte em inimigo quando não queremos saber de identificar as nossas mazelas. Longe, pois, de execrá-los, deveríamos até lhes ser gratos pelo auxílio que nos estendem às avessas e agradeço a todos os ensinamentos deste caminho. Não temos inimigos – temos interesses pessoais contrariados. Muitos deles alegam que estão defendendo a Verdade, mas estão defendendo a verdade de si mesmos, e não a Verdade como patrimônio de todas as criaturas, pois aquele que realmente a defende jamais violenta consciências. O Cristo nunca se impôs recorrendo a métodos de violência. Cristo expulsou os vendilhões do templo, tomado de justa indignação. Não é à toa que cruzamos os nossos passos com os de determinadas pessoas. A Lei Divina conhece as nossas fragilidades e procura nos fortalecer nos pontos vulneráveis de nossa personalidade e grato a todos por eu mesmo reconhecer meus limites.

No Universo, não existe poder superior ao do Amor e Tomás a cada vivência enfatiza este verdadeiro ato! Ele é a única força à qual o próprio Templo se submete. Quem possui este sentimento divino, dispensa qualquer outra espécie de propriedade e de nada mais carece, porquanto ele o repleta de maneira integral.

O sentimento de nada ter e de nada sermos no mundo espiritual é providencial, para que, aos poucos, aprendamos a contar apenas e tão-somente com a nossa capacidade de amar a todos e a tudo. Por esse motivo, a chamada morte, que já não existe, sucessivas vezes nos despoja, inclusive do corpo que o homem tem como sendo a sua maior propriedade.

Quando pessoas se amam, os laços que as uniram não se rompem nunca. O amor genuíno jamais se desgasta numa relação de uma peregrinação. Existem muitos grupos que ocorrem em atendimento a interesses de cada um, seja por um impulso repentina, ou qualquer um outro interesse.

O Amor é o caminho que torna tudo mais fácil, evitando que o espírito, por séculos e séculos, se perca em torno de si mesmo.

O Amor faz com que o espírito cumpra a sua trajetória em linha retilínea... Por esse motivo, ele está acima de todos. Quem sabe amar, sabe o essencial, porque a conquista do Amor implica a conquista da Sabedoria. O verdadeiro sábio é aquele que ama e aquele que verdadeiramente ama é um sábio. Todas essas etapas evolutivas e outras mais que possam existir existem com o único objetivo de que o homem aprenda a amar. Quem sabe amar, nada mais tem para saber. Jesus resumiu toda a Lei e a sabedoria dos profetas, num único mandamento: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.”

Essa luta toda, o drama milenar da Evolução, é por conta disso... Sim, o Amor é a suprema conquista... Aquele que ama chega a Deus, que o apóstolo João definiu como sendo Amor!

Se assim é, por que não amamos? Por que não conseguimos amar de vez, conforme Jesus nos amou? Se o Amor fosse uma simples questão de palavras... Não basta que se queira – basta que se possa, E por ele que caminhamos.

A vida tem o tamanho do espírito que, no corpo ou fora dele, se põe a mensurá-la com o metro intelectual e moral de suas possibilidades. Não nos tomemos por medida absoluta do que existe no Universo, nós que não somos mais que meras caricaturas da realidade.

A Vida é infinita em suas manifestações e o espírito em suas possibilidades existenciais e gracias a estes idealizadores e sonhadores peregrinos o meu muito obrigado a vocês, Palma , Tomás, e a minha querida Orietta e a todos os amigos do Caminho do Sol. Valeu e até mais um caminho.
 
Enviado por Acácio da Paz
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003