Albergue de Peregrinos
Notícias, novidades, artigos, relatos, diretamente da Espanha

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
Caminante Pepe Puertas
Acácio da Paz

CAMINANTE, NO HAY CAMINO –
PEPE PUERTAS UM PEREGRINO DE VERDADE


Pepe Puertas, que já realizou 25 vezes o Caminho de Santiago a pé, recebeu uma entranhável homenagem e Madre de Dios por preparar durante 27 años las 'prevalvaneradas'.

José Miguel Puertas tem 62 anos e uma vitalidade invejável. Nos último quarto deste século se converteu em um 'peregrino de referencia'. Leva mais de 20 anos consecutivo recorrendo o Caminho de Santiago desde a localidade francesa de Saint Jean Pied de Port até Finisterre. É o primeiro peregrino deste milênio' e tem a honra de ser o primeiro em ganhar os jubileus em 1993, 1999 e 2004, 'anos santos'.

Este riojano, profundamente religioso, é uma das poucas pessoas que conseguiu a medalha de sócio de la Archicofradía Universal del Apóstol Santiago, galhardón que recebeu ao 25 de julho do ano passado em uma cerimônia presidida pelo cabildo de Santiago de Compostela.

Foi o primeiro caminhante que assinou o livro de atas da catedral de Santiago. Era o dia 1 de janeiro de 2001 as oito da manhá e a honra lhe permitiu converter-se no 'primeiro peregrino deste milênio'. Já fez o caminho em 25 ocasiões. Repete a peregrinação cada mês de julho e nos anos santos cobre os kilómetros que lhe permitem ganhar a compostela, desde a estação de Sarría e com o fim de 'abrir' la Puerta Santa.

«Le he prometido a Santiago, que, mientras tenga salud y fuerza, haré cada año el camino», confessa olhando a imagem do santo apóstolo que leva pendurado em seu pescoço. Sua promessa vai mais além quando pensa na sua aposentadoria. «Tengo un deseo, el día que me jubile quiero hacer el camino desde Roma hasta Santiago», afirma.

Pepe mostra com orgulho todos os selos do camino, uma peregrinação que lhe permite conhecer povoados, lugarejos e conversar com sua gente (a muitos, Pepe os visita em todos os verão). Com orgulho, exibe selos, recortes de jornais e fotos antigas.

José Miguel Puertas peregrina desde Francia até Santiago portando uma mochila de 22 kilos, donde leva mais de uma centena de calabazas, un dos símbolos do peregrino junto al bordón e a vieira. Puertas reparte suas calabazas entre os peregrinos que encontra em sua rota. São calabazas que ele mesmo cultiva durante o resto do ano.

José Miguel Puertas começou a recorrer p camino «al ver a los peregrinos que pasaban por Logroño». Reconhece que nesses vinte anos as coisas mudaram, muito «Antes llegaban a Santiago de Compostela 1.500 peregrinos al año, ahora lo hacen 1.500 cada día», apunta.
 

Enviado por Acácio da Paz
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003