Albergue de Peregrinos
Notícias, novidades, artigos, relatos, diretamente da Espanha

Convide a um amigo a visitar este site
 
 
Para Percorrer o Caminho
Paulo Coelho - enviado por Acácio da Paz

As dicas de um mago para qualquer viagem iluminada

A mochila é sempre mais pesada no início da caminhada.

Os primeiros dias sáo os mais duros. Voce náo está nem aí para a paisagem. Só quer cegar e acha que nñao vai conseguir.

O peregrino só começa a curtir a viagem depois do quinto dia, quando já náo quer tanto cegar,começa a fazer amizades e olhar com atençáo o que está a volta.

Leve o mínimo de coisas. Tipo tres camisetas, tres meias… Só náo esqueça do sueter.. Mesmo no veráo. Botas de caminhada e band-aid sáo essenciais.

O caminho está aberto o ano todo. O único problema no inverno é que talvez voce náo encontre água quente para o banho em todoas as paradas.

Perceba qual é o seu ritmo e mantenha-o. Esqueca que tem gente indo mais rápido ou mais lentamente.

Caminhe sozinho. Pode ser legal fazer a rota com um amigo, o marido, ou o filho, mas deixe para encontrá-lo à noite. A peregrinação é um momento de recolhimento.

Percorra a rota a pé, de moto, de bicicleta, de carro como quiser. O importante é ter um objetivo. No Caminho de Santiago, náo existe regras, nem a de andar-ainda que essa seja a melhor maneira de vivenciá-lo.

Não busque iluminaçáo. Se buscar, náo vai encontrar.

Procure os caminhos menos percorridos.

Viaje no seu rítmo.

Náo compre nada, porque voce vai ter que carregar. Gaste seu dinheiro em coisas que poderá guardar na alma, náo na mochila.

Náo tenha medo. As pessoas o entedem mesmo que voce náo fale a língua/idioma.

Aprenda a ser depedente da solidariedade humana isso vai ajudá-lo a ser solidário quando as tregédias chegarem.

Náo queria conhecer a Europa em uma semana. Será uma experiência muito mais rica conhecer bem um país do que mal todos os países em pouco tempo.

Evite fotos. Na hora de tirá-las durante a viagem, elas váo atrapalhar sua vivência do momento. E, depois náo váo ajudá-lo nem a contar a história.

Evite museos, a náo ser que tenha interesse muito específico. Preira os bares, onde voce bai encontrar as pessoas.

Náo compare lugares nem povos.
 

Enviado por Acácio da Paz
 
Parte integrante do site Caminho de Santiago de Compostela - O Portal Peregrino
Copyright  1996-2003